Construção de casas no Residencial Parque do Lago segue modelo inovador

Construção de casas no Residencial Parque do Lago segue modelo inovador
Inicialmente estão em construção 80 casas e a infraestrutura do local também acompanha o empreendimento, com rede de drenagem, água e esgoto

A Prefeitura de Araguaína, em parceria com a Caixa Econômica Federal e a Construtora M21 Ltda, já começou a construção das unidades habitacionais que fazem parte do Residencial Parque do Lago. Inicialmente estão em construção 80 casas e as obras de infraestrutura de 204 lotes já foram iniciadas, com a implantação da rede de drenagem, água e esgoto.

O engenheiro da Construtora M-21 João Devair explicou que a construção dessas casas está sendo feito de uma forma inovadora na cidade. Segundo Devair, as paredes são de concreto armado e a fundação é de radie de concreto, no terreno nivelado. Primeiro é feito a estrutura de aço, com a instalação da rede elétrica e hidráulica e depois prossegue com o concreto.

“É um processo mais rápido do que a obra convencional que utiliza tijolos e outros procedimentos na construção de uma casa. A gente elimina várias etapas desta forma. A cada dois dias nós concretamos uma casa”, explicou Devair.

Ainda segundo o engenheiro, depois de concretada, a casa recebe a estrutura metálica da cobertura e depois as esquadrias. “É como se fosse uma linha de produção”, destacou.

Drenagem
A rede de drenagem do residencial também está sendo feita. Serão mais de 600 metros de rede, com tubos de concreto. Esta parte da obra iniciou-se há cerca de três semanas. “O lançamento da drenagem no módulo 1, 2 e 3 está pronta. Mas ressaltamos que a obra de drenagem estará totalmente pronta com a pavimentação das ruas”, explicou o empresário.

Residencial
Serão construídas 881 casas no residencial, com lotes doados 100% pela Prefeitura de Araguaína, destinadas às famílias com renda de até 4.300 reais. Ao todo, já foram assinados 122 contratos. A partir do dia primeiro de Maio de 2016, o teto da renda para aquisição da casa passa a ser de 5.280,00 reais, de acordo com as regras da Terceira Etapado Programa Minha Casa Minha Vida.

O residencial, que seria apenas para servidores, agora está aberto para qualquer pessoa que tiver renda máxima de R$ 5.280,00. Os interessados podem visitar a casa modelo no próprio residencial, localizado na área de abrangência doAnel Viário e da Via Lago, para escolher um dos quatro modelos e realizar o cadastro.

Modelos
Ao todo são quatro modelos de casas. O modelo 1 é de uma casa de dois quartos com uma área de 61,70 metros quadrados. No modelo 2, a casa possui dois quartos sendo um suíte, com área de 65,21 metros quadrados. Já o modelo 3 é de uma casa de três quartos, com área de 71,37 metros quadrados. O modelo 4 é de uma casa de três quartos, sendo um suíte com área de 74,79 metros quadrados.

(Joselita Matos/Fotos: Marcos Filho)



Fazer um comentario