Prefeitura divulga habilitação de empresa para reforma do Terminal Rodoviário

Prefeitura divulga habilitação de empresa para reforma do Terminal Rodoviário
Após terceira licitação aberta, empresa vencedora do certame tem as habilitações especificadas no edital. Após prazo para recursos, empresa poderá iniciar as obras

A Prefeitura de Araguaína divulgou nesta sexta-feira, dia 13, no Diário Oficial do Município, o resultado do processo licitatório aberto para a obra de reconstrução do Terminal Rodoviário da cidade. Esta foi a terceira licitação aberta, após quatro empresas terem sido desclassificadas nos dois processos anteriores por documentações irregulares.

Nesta licitação, apenas duas empresas participaram. A vencedora do certame foi a JMD Engenharia Eireli. A outra empresa foi considerada pela Comissão Permanente de Licitação (CPL) inabilitada por não apresentar comprovação técnica operacional para realizar este de tipo de empreendimento.

O processo prevê mais cinco dias úteis para recursos. Após esse prazo, não havendo pedido de recursos, a empresa vencedora iniciará as obras e terá aproximadamente 180 dias para a execução dos trabalhos.

Investimentos
Para a reconstrução do Terminal Rodoviário serão investidos R$ 600 mil, com recursos próprios do Município. Desses, R$ 400 mil foram realocados da não-realização do Carnaval na cidade. Devido à crise financeira, a Prefeitura preferiu investir na infraestrutura do terminal.

O local hoje ocupa uma área de 20 mil metros quadrados e é o principal ponto de conexão de ônibus para viagens intermunicipais e interestaduais.

No terminal, há lojas populares e estabelecimentos de médio padrão, que serão relocados em partes durante a obra.

Reconstrução
Além da adequação das ruas de acesso à rodoviária, serão construídos 22 novos guichês, as salas de espera serão climatizadas, terão novos banheiros com fraldários e sala específica para a Polícia Militar.

O local ganhará também jardinagem, área administrativa, novos restaurantes e lanchonetes. Os portões de embarque e desembarque terão catracas de acesso, onde será também implantado o sistema de bilhetagem eletrônica.

(Joselita Matos/Fotos: Marcos Filho)



Fazer um comentario