Doação de Leite Materno é tema de encontro com mães no Hospital Dom Orione

Doação de Leite Materno é tema de encontro com mães no Hospital Dom Orione

Em comemoração ao Dia Mundial de Doação de Leite Humano (19/05), o Hospital Dom Orione promoveu na manhã desta quarta-feira, 18, mais uma edição do Encontro da Mamada. A atividade é uma ação educativa voltada para mães que tiveram bebê nos últimos dias e funciona como uma roda de conversa informal, esclarecendo as dúvidas em relação ao aleitamento materno.

O pediatra Moisés da Cunha Filho, aproveitou a oportunidade para motivar as mães a serem doadoras de leite, beneficiando os bebês que estão internados. Todas aquelas que produzem mais leite que seus filhos consomem podem ser doadoras. Mesmo pequenas quantidades ajudam muito, pois há prematuros que só necessitam ingerir 08 ml de leite por dia.

As mães que optarem por serem doadoras recebem um kit, contendo touca, máscara e um frasco de vidro. A equipe do Banco de Leite do Hospital, por meio de uma parceria com o Corpo de Bombeiros, vai até a residência da mãe para recolher o leite.

Orientações

A nutricionista e coordenadora do Banco de Leite Humano, Luiza Pereira Theodoro, falou para as mães sobre o cuidado com alimentação dos bebês. “Até os seis meses de idade, o leite materno deve ser o único alimento ingerido pelo bebê, pois ele possui todos os nutrientes necessários para a sua saúde”, orienta.

Algumas mães perguntaram se no caso de cólica podem dar algum chá ou medicamento para os bebês. A nutricionista esclareceu que nos três primeiros meses de vida é normal a criança sentir cólica e que não é recomendado o uso de chás ou remédios caseiros. “O leite materno não precisa de complemento”, enfatizou.

Para aliviar as cólicas, que são causadas pelo acúmulo de gases, o pediatra Moisés da Cunha Filho, ensinou duas manobras para fazer com a criança deitada. Uma, segurando as duas pernas e movimentando como se estivesse andando de bicicleta; e outra, massageando a barriga com as pontas dos dedos indicador e médio, da direita para a esquerda.

Também participaram da atividade a técnica em enfermagem, Lívia Maria Chaves Ribeiro, e o psicólogo Renê Leal Porto.

(Rodrigo Martins)



Fazer um comentario