Seminário da Revisão do Plano Diretor é debatido na UFT

Seminário da Revisão do Plano Diretor é debatido na UFT
O prefeito Ronaldo Dimas e representantes da UFT, OAB e Associação dos Deficientes estiveram contribuindo em amplo debate e questões para revisão do plano

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, esteve na noite de ontem, dia 13, no auditório da Universidade Federal do Tocantins (UFT), campus de Araguaína, para mais uma reunião de participação popular para revisão do Plano Diretor. O encontro contou com a presença de vários professores da universidade, membros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e representantes da Associação dos Deficientes de Araguaína (ADA), além de arquitetos e moradores.

O vice-reitor da UFT, Luiz Bovolato, agradeceu a participação das entidades e fez contribuições sobre o saneamento básico, que é um dos temas de sua tese de doutorado. “É importante que a universidade esteja inserida nesses tipos de planejamento. Esse tipo de reunião é a nossa possibilidade de discutir”, disse.

O prefeito Ronaldo Dimas comentou sobre a importância da organização da cidade com menos desgastes de serviços. “Cansamos de ver, junto com a infraestrutura, estragos onde já não era pra ter mais. Então, nossas ações devem estar dentro de leis e diretrizes concretas”, explicou.

OAB
O presidente da Comissão de Direitos Urbanísticos da Ordem dos Advogados do Brasil, João Bazolli, comentou que as sugestões precisam acontecer com mais pessoas. “O essencial do Plano Diretor é que tenha a participação da população. O produto final que sai é a cidade que a comunidade quer, com a universidade inserida no processo e amplo debate”, comentou.

ADA
A secretária e representante da ADA, Luzilda Dias, tem baixa visão e falou que a inclusão deve ser discutido para a cidade. “Acreditamos que essa é nossa chance de exigir algo, cabe a nós participar para sugerir e propor de acordo com o que é debatido aqui”, finalizou.
As discussões da revisão do Plano Diretor continuaram hoje, no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senai),  pela manhã.  A audiência pública está marcada para o dia 22 de junho, também no auditório do Senai.

Plano Diretor
Este ano, já aconteceram os seminários nos setores Araguaína Sul, Nova Araguaína, Alto Bonito e Couto, com a participação da comunidade. Além de encontros com outros públicos, como alunos de escolas estaduais.
A participação da população ainda poderá ser feita pela internet pelo site da Prefeitura (www.araguaina.to.gov.br), até o dia 21 de junho, quando será realizada a audiência final do Plano Diretor.

(Fernanda de Alcantara/Fotos: Marcos Filho)



Fazer um comentario