2º Batalhão da PM intensifica ações, prende suspeitos e recupera veículos em Araguaína e Wandelândia

2º Batalhão da PM intensifica ações, prende suspeitos e recupera veículos em Araguaína e Wandelândia

No último fim de semana, entre os dias 29 e 31 de julho, na cidade de Araguaína, a Polícia Militar recuperou uma motocicleta e um automóvel com o registro de roubo e prendeu um homem por tentativa de furto. Já no município de Wanderlândia um homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo.

Araguaína

Veículos recuperados

Um automóvel, VW/Crossfox, de cor laranja, placa de Marabá/PA, foi recuperado pelos policiais militares em uma estrada vicinal no povoado Caju Manso, zona rural de Araguaína. Mediante a verificação da placa foi constatado que o veículo possuía ocorrência de roubo sendo então encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

Uma moto Honda Biz, de cor vermelha, também foi recuperada em um matagal próximo a Chácara Santa Rita, zona rural de Araguaína. O veículo que estava em local ermo, se encontrava com alteração no lacre, e após constatação de ocorrência de roubo, foi apresentado à autoridade policial na Delegacia de Plantão para as providências legais.

Tentativa de furto

Na manhã de domingo, 31, policiais militares detiveram um indivíduo por tentativa de furto. O homem, 21 anos, quebrou a vidraça de um estabelecimento comercial na tentativa de furtar uma televisão, no entanto, ao avistar a viatura policial nas proximidades, empreendeu fuga sendo em seguida detido pela equipe de policiamento. O autor foi conduzido a Delegacia de Polícia para as providências cabíveis.

Wanderlândia

No município de Wanderlândia, a Polícia Militar recebeu informações de que haviam ocorrido vários disparos de arma de fogo na Vila Planalto, onde de imediato policiais militares deslocaram, e após diligências na região localizaram o autor em um bar. No momento da abordagem o homem ainda jogou um revólver calibre 38 no interior do estabelecimento, no entanto, recebeu voz de prisão sendo encaminhado à Delegacia de Polícia em Araguaína para as devidas providências.



Fazer um comentario