Saúde quer ampliar número de doadoras de leite materno no Agosto Dourado

Saúde quer ampliar número de doadoras de leite materno no Agosto Dourado

Com a presença de mães, servidores e parceiros do Banco Leite Humano, a Semana de Aleitamento Materno 2016 no Tocantins foi aberta oficialmente nesta segunda-feira, 1º de agosto, no Hospital e Maternidade Dona Regina, em Palmas. Com o tema nacional Amamentação: Faz bem para o seu filho, para você e para o planeta, a semana lembra a importância da amamentação para o desenvolvimento sustentável e a redução das desigualdades sociais.

Também nesta segunda foi aberto o Agosto Dourado, mês dedicado ao incentivo à amamentação. “Nesse mês, a gente usa como símbolo o laço dourado, incentivando a amamentação. O dourado é porque o leite materno é padrão ouro na amamentação do bebê. O laço tem dois lados, um dos lados é a mãe e outro é o bebê, eles são iguais porque os dois são importantes, da mesma forma, para que a amamentação tenha sucesso. O nó representa o pai, o companheiro, a família e a sociedade que precisam dar apoio para que esse laço fique firme. E, as duas pontas simbolizam o futuro, os seis meses de amamentação, que se possível, deve continuar até dois anos”, disse a diretora-geral do Hospital e Maternidade Dona Regina, Débora Petry.

O secretário de Estado da Saúde, Marcos Musafir, reforçou a importância do alimento que é padrão ouro. “Os bebês devem se alimentar apenas do leite materno nos seus seis primeiros meses de vida, não precisando comer ou beber mais nada e essa informação deve ser repetida sempre para que possamos ter crianças que cresçam com saúde no Tocantins. Esse é o desejo dos profissionais que fazem esse trabalho, esse é o desejo do governador Marcelo Miranda”, disse.

Quem aprendeu direitinho sobre a importância do leite materno e é exemplo em amamentar é a mãe Kelly Bertolo. Ela fez questão de dar seu depoimento e estimular outras mães a praticarem o ato. “Amamentar é muito gratificante e é essencial para o crescimento e o fortalecimento do bebê, principalmente dos prematuros. Por meio desse alimento, eles vão ganhar imunidade, evitar doenças e crescer fortes. Esse alimento é tão importante que temos essa semana para comemorar a amamentação e incentivar a doação do leite materno”, informou a mãe.

Parcerias

Também estiveram presentes na abertura da semana, os parceiros que contribuem para que o Banco de Leite do Dona Regina consiga desempenhar seu trabalho. O governador distrital 4530 do Rotary Club, José Ataíde Barreto, disse que a parceria vai continuar e se fortalecer. “Sempre fomos parceiros do Banco de Leite, desde a implantação e o que nós percebemos claramente é que essa ação tem uma função maior do que simplesmente colher e oferecer leite às crianças. Ele tem uma função divina porque salva vidas”, destacou.

Quem também esteve presente foi o coronel do Corpo de Bombeiros, Jesiel Cruz Lima, que lembrou a importância do projeto Bombeiro Amigo do Peito. O projeto auxilia a captação de leite materno para o Banco de Leite Humano. “Somos parceiros e só temos a agradecer ao hospital e principalmente às mães que contribuem, pois sem vocês esse projeto seria impossível”, disse o coronel.

Após passar por um processo de pasteurização e controle de qualidade, o leite doado por meio do projeto é destinado aos bebês.

Banco de Leite

O Banco de Leite do Dona Regina foi o primeiro a ser implantado no Estado e, neste ano, completa 14 anos de atendimento. Na unidade, o leite doado é utilizado na alimentação dos bebês prematuros internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), na Unidade Intermediária (UI) e na Unidade Canguru. O local é aberto 24 horas, inclusive aos fins de semana e feriados.

“Nessa semana, não podemos esquecer aquelas que doam seu leite para servir de alimento para outras crianças e a gente precisa suprir a necessidade do Banco de Leite. Precisamos suprir o estoque em 100%, pois coletamos por mês 150 litros de leite, mas nossa necessidade gira em torno de 300 litros”, disse a coordenadora do Banco de Leite do Dona Regina, Walquíria Pinheiro.

O Tocantins conta com três bancos de leites, no Dona Regina em Palmas; no Hospital Dom Orione, em Araguaína; e no Hospital Regional de Gurupi. Além desses, existem postos de coleta localizados na Capital, na Quadra 405 Norte, e no Hospital e Maternidade Tia Dedé, em Porto Nacional.

Programação

A diretora Débora Petry ainda lembrou que, durante o Agosto Dourado, será desenvolvida uma diversificada programação para reforçar ainda mais a importância do ato de amamentar.

“A gente sabe que ainda existem mães que não amamentam por falta de orientação, de conhecimento, de saber como fazer e nós estamos aqui para isso, para fazer esse trabalho, para ajudar essas mães”, disse.

Confira aqui a programação.



Fazer um comentario