Empenho da operação Temporada de Praias 2016 reduz número de afogamentos

Empenho da operação Temporada de Praias 2016 reduz número de afogamentos

A operação Temporada de Praias 2016, realizada pelo Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins, teve como resultado a redução do número de afogamentos, se comparada ao mesmo período de 2015. Tendo sua realização entre os dias 1º e 31 de julho, o número de vítimas fatais por afogamento caiu de oito para quatro.Os bombeiros realizaram mais de 17.725 mil atividades preventivas para um público estimado em 300 mil pessoas durante toda a temporada.

A atuação dos 78 bombeiros militares e de 47 guarda-vidas civis se estendeu por 28 praias do Tocantins, além de dois rallys das águas. Foram registradas, pelos militares, 45 ocorrências de diversas naturezas, entre elas, dois afogamentos com vítimas resgatadas com vida. Pelo segundo ano consecutivo, os bombeiros militares atuaram em conjunto com guarda-vidas civis, por meio de uma parceria com os municípios atendidos.

Entre as praias que receberam maior público estimado por fim de semana estão a Praia Porto Real em Porto Nacional, com 47.500 pessoas; em segundo lugar, a Praia da Gaivota em Araguacema, com 30 mil visitantes; e em 3° colocação, com 28 mil pessoas, a Praia do Sono em Pedro Afonso. Já as praias onde os bombeiros registraram maior número de prevenções aquáticas, que são eventos onde os militares interferem nas atitudes dos banhistas que podem gerar riscos a vida, foram a Praia da Barra em Guaraí com 2.712 interferências; a Praia de Mirassol em Miracema, com 2.290; e a Praia da Tartaruga, com 2.190 prevenções.

“Nossa primeira linha de trabalho foi a prevenção e a conscientização da população em geral. Por isso, houve a redução do número de vítimas fatais”, ponderou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Dodsley Yuri Tenório Vargas.

(Geórgia Milhomem)



Fazer um comentario