Projeto Plantar e Cuidar despertou a consciência ambiental nos calouros da FACIT

Projeto Plantar e Cuidar despertou a consciência ambiental nos calouros da FACIT

A programação de boas vindas dos novos alunos da Faculdade de Ciências do Tocantins – FACIT teve prosseguimento no último sábado, 13, com uma tarde de inovação e consciência ambiental no campus II “Luiz Pires” da instituição. Os calouros de Administração, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Odontologia participaram inicialmente da palestra “O Poder da Criatividade e da Inovação”, ministrada pelo professor Elizeu José dos Santos, da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e em seguida partiram para o plantio de mudas de árvores típicas da região como parte do tradicional projeto “Plantar e Cuidar”.

Inovar

Falando sobre inovação, criatividade, o poder das descobertas e o significado de tudo isso dentro do mercado, o palestrante explicou aos acadêmicos a importância que uma boa ideia tem no mercado competitivo. “Esse tipo de assunto faz com que os acadêmicos despertem o senso de criatividade, aguça as pequenas coisas no perfil profissional que faz grande diferença futuramente”, explicou o palestrante.

Trote Ambiental

Como forma de abolir os trotes violentos, a FACIT busca despertar a consciência ambiental em seus acadêmicos por meios do projeto Plantar e Cuidar. Após pesquisa sobre o bioma do cerrado e identificação da importância das plantas para o equilíbrio do ecossistema, os acadêmicos plantaram mudas selecionadas ao redor do campus.

A professora Ângela Maria da Silva, diretora geral da FACIT, lembrou que, além da ação ambiental, há também a iniciativa social dos alunos. “Nós temos atividade da coleta de alimentos e roupas para futura doação a uma entidade social da cidade. É também uma forma de engajar o aluno nas demandas da sociedade e fazer com ele saia da faculdade com o caráter mais humanista e com responsabilidade ambiental”, disse Dra. Ângela.

Engajamento dos acadêmicos

Com uma mobilização massiva de calouros, a FACIT conseguiu agradar a todos com a temática socioambiental, conforme comentou Igor Cunha Vieira, calouro do curso de Odontologia. “A recepção que a instituição promoveu foi muito bacana. É uma coisa diferente que irá ajudar o meio ambiente e por consequência nós também”.

(Foto: João Neto)



Fazer um comentario