Tocantins fica abaixo da média na avaliação da educação em 2015

Tocantins fica abaixo da média na avaliação da educação em 2015

O Tocantins não alcançou a média esperada para os anos finais do ensino fundamental e para o ensino médio no Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (Ideb) de 2015. O estado só superou a meta nos anos iniciais do ensino fundamental, em 0,2 ponto. Os números da rede de ensino de Palmas, por outro lado, superaram as notas previstas para 2021.

Os dados foram divulgados nesta semana pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Veja os resultados do Ideb 2015

Os indicadores são calculados a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e médias de desempenho nas avaliações do Inep. Segundo os dados divulgados, no ensino médio, o estado ficou com a média geral de 3,4, contabilizando instituições públicas e privadas. Com isso, ficou 0,6 abaixo da média de 4 pontos.

Analisando separadamente, as escolas públicas ficaram a 0,5 de atingir a média esperada de 3,8, ficando com 3,3. As escolas privadas ficaram a 0,9 dos 6,2 esperados, alcançando 5,3.

Fundamental
Nos primeiros anos do ensino fundamental, 1º ao 5º, o estado chegou a 5,1 nas avaliações do Ideb, superando em 0,2 a média de 4,9 esperada. Nos anos finais do ensino fundamental, 6º ao 9º, a meta para o Tocantins era de 4,6, mas os resultados ficaram em 4,1, ou seja, 0,5 abaixo da média.

Analise
Mesmo sem cumprir as metas, na grande maioria dos estados houve melhoria nos indicadores. De fato, no ensino médio houve uma queda de rendimento no Ideb entre 2013 e 2015 em apenas quatro estados: Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. No Tocantins o aumento em relação ao exame de 2013 foi de 0,1 ponto.

Por outro lado, nos anos iniciais do ensino fundamental, todos os estados avançaram com exceção do Tocantins que permaneceu estagnado, mesmo estando acima da meta para 2015. Visto que repetiu a média de 5,1 de 2013.

O governo do Estado disse que utilizará os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para direcionar o trabalho que já vem sendo realizado pela pasta.
“No geral, mantivemos os resultados”, explicou a secretária da Educação, Juventude e Esportes, professora Wanessa Sechim.

“Nos anos iniciais do ensino fundamental cumprimos a meta 5,0 estabelecida. Nos anos finais e ensino médio revertemos uma tendência de queda, porém, estamos mais distantes do cumprimento das metas”.

Palmas
Os números de Palmas são bem superiores à média esperada. As escolas municipais superaram, inclusive, a média de 2021 nos anos iniciais do ensino fundamental. A nota alcançada foi de 6,2. As escolas estaduais ficaram 0,4 abaixo do esperado, que era 5,5.

O secretário municipal de educação de Palmas, Danilo de Melo, comemorou os resultados da capital. “Chegamos ao padrão da média das escolas europeias. Avançamos em relação ao estado e as outras capitais”, comentou.

(Do G1 TO)

Fazer um comentario