Educação realiza simulado do Enem nos dias 15 e 16 de setembro

Educação realiza simulado do Enem nos dias 15 e 16 de setembro

Objetivando dar, aos alunos do ensino médio da rede estadual, a oportunidade de testarem seus conhecimentos, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) promoverá nesta quinta-feira, 15, e sexta-feira, 16, o Enem nas Escolas, um simulado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A experiência prévia terá as mesmas especificidades da prova oficial, tais como modelo da avaliação e o tempo para a resolução das questões, que será de quatro horas ininterruptas.

A proposta da Seduc é trabalhar as quatro áreas do conhecimento: Linguagens, códigos e suas tecnologias; Matemática e suas tecnologias; Ciências da Natureza e suas tecnologias; e Ciências Humanas e suas tecnologias.

Aplicação

O simulado do Enem será aplicado nas próprias escolas nos períodos matutino, vespertino e noturno. No dia 15, serão aplicadas as provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias; e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. No dia 16, serão avaliadas as áreas Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias.

Pela manhã, as provas terão início às 7h30 e término às 11h30. À tarde, a avaliação será aplicada das 13h30 às 17h30. Os alunos da noite farão as provas das 19 às 22 horas. Em todos os períodos, os portões serão abertos com meia hora de antecedência.

Durante a realização das provas, o participante não poderá, sob pena de eliminação, realizar qualquer espécie de consulta ou comunicação com outros participantes, nem portar lápis, lapiseira, borrachas, relógio, livros, manuais, impressos, anotações, óculos escuros e quaisquer dispositivos eletrônicos, inclusive, controle de chaves de carro, portões, dentre outros.

As provas deverão ser respondidas com caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente. A permanência na sala deverá ser, no mínimo, de duas horas após o início das provas.

Prova de Redação

O simulado de redação será realizado no dia 30 de setembro, após um intenso trabalho nas escolas envolvendo as técnicas de redação. As atividades em sala de aula acontecerão em quatro etapas com início no dia 19 deste mês e término em 14 de outubro. Serão abordadas, em cada uma das semanas, temáticas distintas sobre assuntos que poderão ser cobrados na prova oficial do Enem.

Para subsidiar as unidades de ensino, será disponibilizado no site da Seduc, e enviado às Diretorias Regionais de Educação, material pedagógico específico produzido pela equipe técnica de Currículo da Seduc, seguindo a proposta do Manual de Redação do Enem.

Para a diretora da Escola Estadual Vila União, de Palmas, Cleizenir dos Santos, a iniciativa contribuirá também para aliviar a ansiedade dos alunos quanto ao dia da prova oficial. “Como o Enem é uma avaliação muito esperada pelos alunos que estão terminando o ensino médio, o simulado presencial será importante para eles testarem os conhecimentos, estarem mais confiantes e menos ansiosos no dia da prova”, frisou.

“Quando os alunos souberam que essa prova iria acontecer, ficaram super animados, porque é uma chance de verificar o quanto estão preparados, além de ajudá-los a mensurar quanto tempo é necessário para a resolução das questões sem extrapolar o limite das quatro horas”, ressaltou a diretora da Escola Estadual Beira Rio, de Luzimangues, Luzeni Correia.

Avaliação Diagnóstica

No dia 15, os estudantes de 3º, 5º e 9º anos do ensino fundamental das unidades de ensino da rede estadual também participarão de uma prova: a Avaliação Diagnóstica. O objetivo é identificar os pré-requisitos necessários para promoção do realinhamento dos conteúdos e a construção de uma base eficaz para o ingresso no ensino médio.

Nas turmas de 3º ano, serão avaliados os conhecimentos de língua portuguesa e matemática. Nos 6º e 9º anos, além destas disciplinas, serão aplicadas também provas de química, física e biologia.

(Núbia Daiana Mota/Foto: Elias Oliveira)

Fazer um comentario