Eletricistas usam novo equipamento de proteção

Eletricistas usam novo equipamento de proteção

Os eletricistas da Energisa começam a usar neste mês de setembro um novo equipamento para proteger ainda mais o rosto, chamado de balaclava. O equipamento de proteção individual (EPI) será usado em todas as atividades de redes energizadas. A balaclava é basicamente um gorro de malha, que se veste de forma ajustada na cabeça até o pescoço. “A balaclava servirá como proteção contra arcos voltaicos, ou seja, em casos de ocorrências as partes que ficavam expostas estarão cobertas pelo EPI, protegendo-as de acidentes e queimaduras”, afirma o coordenador de segurança do trabalho da Energisa Nicola Franceli.

A Energisa chama a atenção dos seus clientes para a novidade, já que o equipamento fará parte do dia a dia das equipes externas. “É importante destacar que o eletricista não chegará ao local de trabalho com a balaclava. Ele chegará para executar sua tarefa e antes de iniciar colocará o equipamento e por cima vem o capacete. Sempre uniformizados e em veículos caracterizados”, destaca Franceli.

Os equipamentos passaram por testes e agora estão sendo distribuídos para todos os eletricistas pelas equipes de segurança da Energisa.

Segurança

A adoção do equipamento reforça o compromisso da Energisa com a segurança das pessoas. “Colocamos em primeiro lugar a saúde e a segurança das pessoas. Seja investindo em tecnologias que garantam essa segurança ou ainda promovendo a consciência permanente para reduzir riscos entre nossos colaboradores e a sociedade”, Franceli.

Fazer um comentario