Se o Estado não fizer, e a Justiça permitir, implantaremos a UTI Pediátrica

Se o Estado não fizer, e a Justiça permitir, implantaremos a UTI Pediátrica

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR), candidato à reeleição pela Coligação Araguaína Sem Parar, se reuniu na tarde desta quinta-feira, 22, com mães e pais da Associação das Mães que Amam (AMA) para tratar sobre as estratégias para a implantação da UTI Pediátrica na cidade. Dimas autorizou a elaboração de uma ata de registro de preço dos equipamentos necessários para que a UTI seja implantada, o que possibilitará, se Justiça autorizar, que o Município implante a unidade, caso o Governo do Estado não cumpra com a determinação judicial.

“O Município assumiu o compromisso de implantar a UTI Pediátrica independente do Estado, e colocaremos para funcionar. A gente vai trabalhando a tomada de preço, porque se o Estado demorar, atrasar ou não fizer a parte dele, nós vamos fazer”, afirmou Dimas.

Hospital Municipal

O prefeito ainda explicou às mães e pais sobre o processo para a reforma do Hospital Municipal (HMA), onde funcionará a UTI. “O projeto já está pronto e será encaminhado na próxima terça-feira para a Vigilância Sanitária Estadual para ser aprovado. A partir da autorização, imediatamente as obras começam, já que não precisa de licitação”.

Residência médica em pediatria

Dimas também anunciou que irá implantar no HMA a residência médica em pediatria. “Iremos trabalhar a residência já visando a demanda que irá ter e preparando nossos futuros médicos. Cumprindo muito mais que a nossa obrigação”, disse.

Para a membro da AMA Daiane Braga, as propostas de Dimas superaram suas expectativas. “Foi muito bom, saímos com esperanças. Tivemos uma atenção especial do candidato. A gente acha que da forma que ele nos propôs é possível sim ter a UTI pediátrica em Araguaína”, confirmou.

(Assessoria/Foto: Marcos Filho)



Fazer um comentario