FACIT aproxima acadêmicos e povos indígenas

FACIT aproxima acadêmicos e povos indígenas

Acadêmicos e docentes da Faculdade de Ciências do Tocantins (FACIT) visitaram, no começo do mês de outubro, a Aldeia Krahô Manoel Alves, entre os municípios de Itacajá e Goiatins. O encontro teve como objetivo promover a integração entre faculdade e indígenas, além de levar ensinamentos sobre saúde bucal.

Com o envolvimento dos cursos de Administração e Odontologia, os universitários puderam ter um pouco mais de contato com os Krahô, povo conhecido pelo seu riso sempre alegre. Vivendo em uma área conhecida como Kraholândia, essa etnia consegue manter viva sua cultura, língua, mitos, ritos, cantigas e a famosa corrida com tora.

O interesse pela cultura indígena foi despertado nos acadêmicos graças às aulas de Cultura Afro-Brasileira, ministradas pela professora Jane Guimarães.

Higiene Bucal

Os acadêmicos de Odontologia, acompanhados da coordenadora do curso, Tatiana Ramirez, promoveram a saúde dentária das mais de 80 crianças da aldeia por meio da distribuição de um kit de higiene bucal, além da instrução sobre o uso correto.

Os alunos realizaram ainda exame clínico para avaliar e fazer um levantamento sobre as condições dentárias de todas as crianças. A oportunidade de levar essas ações para o povo indígena foi uma honra para a coordenadora. “Sentimo-nos privilegiados por poder colaborar com eles. Fomos recebidos com honras e a troca de conhecimento entre as culturas foi essencial para despertar o interesse dos acadêmicos para as necessidades da comunidade”, comentou Tatiana.

Parcerias

Em reunião com a diretora da escola indígena, Professora Patrícia, e do professor licenciado, Renato Yaré Krahô, foram discutidas prováveis parcerias na área de gestão, tais como questões relativas a práticas pedagógicas inovadoras, implantação de um laboratório de informática e consultoria para a abertura de uma cooperativa para explorar o artesanato produzido pela comunidade.

O coordenador do curso de Administração, Vagner Cavalcanti Ribeiro, considerou a visita valiosa para universidade e indígenas. “Nossos alunos puderam aprender sobre uma nova cultura e fizeram uma atividade de consultoria empresarial prática. O conhecimento adquirido será importante na formação e capacitação dos futuros administradores e será compartilhado com seus colegas”.

Agradecimentos

O cacique Dodanin Krahô fez um pronunciamento agradecendo a visita e ressaltando a importância que atividades como a desempenhada pela FACIT têm para a melhoria da qualidade de vida de seus irmãos indígenas.

Ainda durante o encontro, os acadêmicos de Odontologia apresentaram uma peça teatral conscientizando as crianças sobre a importância de escovar os dentes. Em resposta, as crianças fizeram uma linda apresentação musical que encantou toda a equipe FACIT.

A aproximação entre acadêmicos e indígenas possibilitou a quebra de muitos estereótipos apresentados pela nossa sociedade. “Os alunos puderam perceber que os Krahô são pessoas que possuem sentimentos, espiritualidade, comunhão e problemas sociais como nós”, destacou a professora Jane Guimarães.

Fazer um comentario