Prefeitura segue com trabalho de recuperação de estradas da zona rural

Prefeitura segue com trabalho de recuperação de estradas da zona rural




A Prefeitura de Araguaína segue com o trabalho de recuperação e manutenção das estradas da zona rural. Nesta semana, os trabalhos estão concentrados na manutenção dos acessos aos assentamentos Sucupira, onde estão sendo recuperados 23 quilômetros de via, e Manoel Alves, com o trabalho de manutenção de ponte. Na semana anterior foi concluída a reestruturação de uma rota de acesso à região da Gurgueia, o trabalho consistiu no revestimento primário com cascalho e confecção de bueiros para a drenagem pluvial. A rota alternativa será utilizada pelos moradores até que o tráfego na estrada principal, interditada até a substituição da ponte prevista para o início de 2017, seja restabelecido.

O lavrador Jorlando de Moraes vive na região há mais de 15 anos e conta que a reestruturação da estrada vai facilitar sua vida. “Sem os bueiros, a estrada cortava no inverno e era preciso seguir por um desvio que aumentava o percurso em sete quilômetros”, comenta. Desde 2013, mais de 250 quilômetros de estradas que dão acesso à zona rural foram recuperados. O trabalho segue com investimentos na manutenção periódica e já atendeu a mais de 20 comunidades. “O foco deste trabalho é garantir o escoamento da produção e o transporte adequado dos estudantes e dos produtores rurais”, ressaltou o prefeito Ronaldo Dimas.

As melhorias incluem a implantação e manutenção de bueiros, além da construção e reforma de pontes. As localidades já beneficiadas foram: Alto Paraíso, Brejão, Sucupira, Manoel Alves, Caju Manso, Chaparrau I e II, Coco Salviano, Itacolomy, Vidal Dias Lima, região do Prata, Projeto Alegre, Água Amarela, Três Marquinhos, região do Garimpinho e os assentamentos Três Riachos, Mirindiba, NPA e Coruja.

Mais benefícios –  Além da manutenção das estradas vicinais, visando garantir o escoamento da produção local, a Prefeitura investe em incentivos aos produtores rurais, através de programas, como o Trator na Roça, Compra Direta e Programa de Distribuição de Calcário. O Trator na Roça disponibiliza máquinas para arar e gradear a terra de acordo com as necessidades dos produtores rurais, preparando para o plantio.

O Compra Direta, que garante um destino certo aos alimentos produzidos pela agricultura familiar, injetou, em 2015, mais de R$ 1 milhão na economia local, com a aquisição de alimentos para abastecer às escolas e creches municipais, além de instituições de atendimento a pessoas carentes, como o Cantinho do Vovô. O Programa de Distribuição do Calcário, que visa melhorar a qualidade do solo, aumentando a produção, atendeu a mais de 300 propriedades rurais.

 

(Mara Santos/Foto: Marcos Filho)

Fazer um comentario