Projeto de Lei Orçamentária Anual 2017 está em discussão na Câmara Municipal

Projeto de Lei Orçamentária Anual 2017 está em discussão na Câmara Municipal




Previsão orçamentária do Município de Araguaína está estimada em mais de R$ 445 milhões, com maiores investimentos em saúde, educação e infraestrutura

 

A Prefeitura de Araguaína encaminhou para apreciação e votação na Câmara Municipal a Lei Orçamentária Anual de 2017. O Projeto de Lei nº 082/2016 prevê um orçamento para o ano que vem de R$ 445.658.684,00. O PL da LOA já passou pelas Comissões da Casa de Leis e a previsão de entrar em discussão no plenário na próxima segunda-feira, 19.
 
De acordo com o secretário municipal da Fazenda, Fabiano de Souza, houve um aumento em torno de 13,61% comparando-se com o orçamento deste ano, devido à correção do IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo. Em 2016, o valor estimado do orçamento foi de R$ 392.277.218.
 
O PL da LOA é resultado de um trabalho envolvendo todas as secretarias e órgãos da Prefeitura sob a coordenação da Secretaria de Planejamento, Meio Ambiente, Ciências e Tecnologia, com as projeções de receitas e das principais despesas e investimentos para o exercício do ano que vem.
 
A proposta orçamentária para 2017 foi elaborada com orientação da Lei de Diretrizes Orçamentária, considerando a expectativa de uma receita que foi estimada considerando o comportamento histórico das mesmas nos últimos três exercícios e os respectivos índices de crescimento, considerado ainda eventuais frustrações no crescimento da Receita em razão dos reflexos na economia brasileira na arrecadação e captação de recursos
 
Maiores investimentos
O Executivo vem dando continuidade às políticas públicas para o desenvolvimento socioeconômico de Araguaína, priorizando as áreas que mais precisam de investimentos, como Saúde, Educação e Infraestrutura.
 
A Saúde tem uma previsão de R$ 100.178.577, o que corresponde a 22,48% do total; já a Infraestrutura terá R$ 96.208.000, equivalentes a 21,59% do orçamento; e a Educação terá o maior investimento em recursos, R$ 121.784.726 ou 27,33% do total.

 

(Joselita Matos/Foto: Marcos Filho)

 

Fazer um comentario