Debate sobre prevenção de acidentes de trabalho encerra o movimento “Abril Verde” no HDT-UFT

Debate sobre prevenção de acidentes de trabalho encerra o movimento “Abril Verde” no HDT-UFT




Palestra sobre o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes do Trabalho encerrou as atividades do movimento “Abril Verde” no Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT), instituição vinculada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). A ação foi desenvolvida pelo Serviço de Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho (SOST), em parceria com a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e ocorreu no hall da Ala B, na sexta-feira (28).

Na ocasião, o técnico em segurança do trabalho, Manoel Joaci Gomes apresentou para os colaboradores a estatística dos acidentes ocorridos no HDT-UFT, alertando para os cuidados necessários na prevenção diária. “É muito importante que sejamos multiplicadores dessas ações, no sentido de nos atentarmos para a utilização dos equipamentos de proteção, propiciando um ambiente seguro. Isso é bom tanto para o trabalhador, como para a empresa”, disse.

O Movimento Abril Verde luta para marcar o mês de abril com a cor da segurança no calendário nacional, dando-lhes mais visibilidade e manifestações de apoio à causa. O conceito do Abril Verde, por ter um mês inteiro dedicado à conscientização para a prevenção de acidentes e doenças do trabalho, na intenção de concentrar anualmente nesse período, traz uma série de atividades disseminadores da cultura de prevenção.

Neste mês são celebradas duas datas importantes: dia 07 é o Dia Mundial da Saúde e dia 28 é o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes do Trabalho, proposta pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), lembrando um acidente que vitimou 78 trabalhadores em uma mina no estado da Virginia, nos Estados Unidos em 1969.

 

(Daianni Parreira)

Fazer um comentario