Araguaína se torna Capital da Família MEI

Araguaína se torna Capital da Família MEI




Município que tem 7.800 microempreendedores registrados recebeu no último sábado, 6, o primeiro encontro que serviu para mostrar o ambiente favorável para o desenvolvimento deles na cidade
 
 
Com o objetivo de proporcionar conhecimento e oportunidades de negócios para a população, trazendo ideias de negócios para todos aqueles que querem se tornar um empreendedor de sucesso, Araguaína sediou no último sábado, 6, o 1º Encontro da Família MEI (Microempreendedor Individual), tendo como tema “Toda hora tem algo de bom pra você”. Com 7.800 microempreendedores individuais registrados, sendo que desse número cinco mil estão em atividade, o Município é considerado a Capital da Família MEI.
 
“A Capital da Família MEI hoje é aqui, muito nos orgulha. A gente vê aqui que a grande maioria dos negócios que são iniciados aqui em Araguaína a tendência é sempre de crescimento”, ressaltou prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas.
 
Dimas participou da abertura oficial do evento e visitou a estrutura montada no Centro de Treinamento do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Dimas destacou sobre a potencialidade da cidade em ser um celeiro de oportunidades para os empreendimentos.
 
“O Município é empreendedor por natureza, então quando vem um evento como esse que foca o empreendedorismo, confirma isso. Araguaína é referência, um polo de desenvolvimento, um polo de empreendedorismo, muitas empresas começaram pequenas e que hoje estão esparramadas não somente pelo Tocantins, mas Pará e Maranhão”, afirmou o prefeito.
 
O superintendente do Sebrae, Omar Hennemann, confirmou que Araguaína é a Capital da Família MEI, não pela quantidade de microempreendedores, mas pelo ambiente favorável de fazê-los se desenvolverem.
 
“Araguaína é a Capital da Família MEI porque acolhe os MEI’s, cria um ambiente, tem pessoas comprometidas com os pequenos negócios, isso se dá também nas compras governamentais, onde são priorizadas as compras dos pequenos empresários, dos pequenos negócios, isso é muito bom”, afirmou.
 
Prefeito Empreendedor
O superintendente comentou sobre a importância das parcerias para o desenvolvimento dos microempreendedores individuais na cidade. “Aqui é uma terra fértil para as parcerias, foi só convidar e nós já tivemos o apoio incondicional da gestão pública, sob o comando do Ronaldo Dimas”, disse.
 
Henneman elogiou ainda Ronaldo Dimas pela sua visão empreendedora na cidade dentro da gestão pública. “Cabe ao Sebrae proporcionar junto com a gestão pública esse ambiente favorável. São vários prêmios que Ronaldo já ganhou como Prefeito Empreendedor. Quando o gestor é empreendedor, a cidade se torna uma cidade empreendedora; as pessoas acreditam nisso, como Araguaína acredita”, finalizou.
 
Orientações
No evento, a Prefeitura instalou a Sala do Empreendedor, um espaço destinado às pessoas que queiram empreender e precisam de orientações para implantar o seu negócio. O coordenador da Sala, Hélio Rodrigues, explicou sobre as orientações dadas para quem buscou o local no dia.
 
“Estamos orientando como abrir uma empresa, os seus deveres e os benefícios, como tirar a nota fiscal, participar de licitação, e o custo que ele vai ter é o da mensalidade que ele paga por mês, dependendo da atividade que ele vai ser na prestação de serviço. É isso que a Prefeitura quer, que todos sejam legalizados”, explicou.
 
Além da Sala do Empreendedor, a Prefeitura também repassou orientações sobre o licenciamento ambiental para o MEI.
 
A superintendente do Meio Ambiente, Luana Barbosa, explicou que este tipo de licenciamento é mais simplificado, um processo menos burocrático e mais ágil para eles. “Hoje estamos esclarecendo sobre isso, mas também estamos fazendo distribuição de mudas. Além de oficinas mostrando como fazer reciclagem, como fazer pintura no vidro, uma forma de fazer reciclagem no vidro”, disse.
 
 
(Joselita Matos/Fotos: Marcos Filho)

Fazer um comentario