Mães aprendem técnicas de massagens relaxantes para bebês em Araguaína

Mães aprendem técnicas de massagens relaxantes para bebês em Araguaína
Oficina com a técnica indiana Shantala usada em cólicas é realizada na programação da Semana do Bebê. As atividades encerram amanhã, às 8 horas, na escola de tempo integral do Setor Lago Azul 4 

Momentos especiais entre mães e filhos, com contato físico e muito carinho é uma das ações da 2ª Semana do Bebê, em Araguaína. A oficina com a técnica indiana Shantala é uma delas, que ensina as mães a realizarem massagens relaxantes em seus filhos. Essa e outras atividades foram realizadas ontem, durante programação da semana na Escola Tereza Hilário Ribeiro, no Setor Raizal.
 
Amanhã, 26, às 8 horas, será o encerramento das atividades, com Palhaçoterapia, Oficina Shantala, palestra 1000 dias e sobre autismo e ações educativas, na Escola de Tempo Integral Joaquim Sabino, no Setor Lago Azul 4.
 
Massagem relaxante

A fisioterapeuta Flávia Ferreira de Freitas explicou que a massagem por ser realizada a partir do primeiro mês de vida do bebê e que é excelente para combater cólicas. “O toque de carinho aumenta o amor, a mãe senta, estica as pernas e coloca o bebê sobre elas e em movimentos circulares com as mãos vai massageando a criança”, explicou.
 

As mães podem preparar o ambiente para as massagens com música suave, que relaxa os bebês, muitos até dormem. Óleos específicos para crianças pode ser aplicado nas mãos. Os toques suaves podem ser feitos no peito, barriga, costas, pernas, braços e rosto do bebê, que ficam calmos e choram menos, além de ter outros benefícios como limites e espaço do próprio corpo.
 
A bebê Marília Miranda de Andrade ficou bem calma, enquanto a fisioterapeuta explicava para a mãe Sandra Nascimento Miranda como fazer os movimentos. “Percebi que ela gostou muito e vou agora fazer sempre em casa”, disse a mãe.
 
Mais dicas

Além da técnica Shantala, as mães tiveram dicas de nutrição. A nutricionista Jéssica Maria explicou que a alimentação saudável na primeira infância é importante para o desenvolvimento da criança. “A amamentação até os seis meses, a introdução de papas de frutas e salgadas após os seis meses e não oferecer produtos açucarados até os três anos de vida é fundamental”, explicou.

A semana em Araguaína teve a primeira edição em 2016. Será realizada todos os anos, com programação voltada para a preservação dos direitos da primeira infância, de 0 a 6 anos. A semana é uma realização da Prefeitura de Araguaína, com o apoio do Fundo das Nações Unidas pela Infância (UNICEF).
 
Programação
Dia 25 (quinta-feira)

16h – Ações sociais e recreativas, além de palestras com os seguintes temas “Desenvolvimento Psicossocial na 1ª Infância”, “Educação no Transito” e “Garantias de Direitos na Primeira Infância” (CEI José Xavier/Esc. Municipal Dom Cornélio Chizzini, Distrito de Novo Horizonte).
 
Dia 26 (sexta-feira)

8h – Roda de conversa com gestantes, puérperas e parceiros (UBS Manoel Maria Dias de Brito, Setor Cimba);
8h – Roda de conversa com gestantes, puérperas e parceiros, além da palestra “Aleitamento Materno” (UBS Couto Magalhães, Setor Couto Magalhães);
8h – Encerramento da 2ª Semana do Bebê 2017 (Escola de Tempo Integral José Carlos Sabino, Residencial Lago Azul 4).

 
 
(Gláucia Mendes/Fotos: Marcos Filho)

Fazer um comentario