Palestras alertam pacientes na Semana Nacional do Diabetes em Araguaína

Palestras alertam pacientes na Semana Nacional do Diabetes em Araguaína




Iniciou na última terça-feira, 27, e vai até dia 4 de julho, nas unidades básicas de saúde (UBS) de Araguaína, ciclo de palestras da Semana Nacional do Diabetes para prevenção e orientações sobre a doença. Dona Carlinda Pereira Gomes, de 65 anos, é diabética e já sofreu dois acidentes vasculares cerebrais. Ela participou da palestra no Centro de Convivência do Idoso na manhã desta quarta-feira, 28, e disse saber, após passar pela “quase morte”, da importância do acompanhamento da doença e da alimentação saudável.
 
“Minha vida é normal hoje porque eu sigo a dieta e tomo a medicação regularmente. Todo mês vou ao posto de saúde e faço tudo o que o médico recomenda. Se ele diz que não pode beber, não pode comer isso ou aquilo, eu não faço”, apontou Dona Carlinda.
 
Os encontros debatem sobre os sintomas e tratamento, alimentação saudável, atividades físicas para prevenção e os acompanhamentos para quem já é diabético. “O diabetes não tem cura, mas a atividade física aliada a uma alimentação regulada e uso de medicamentos são os três pilares para melhorar os sintomas e baixar o nível de glicose no sangue”, explicou a médica Luzitânia Piovizar, uma das palestrantes dos encontros.
 
O educador físico Márcio Bueno também falou sobre a mudança de hábitos para que as pessoas possam ter uma vida normal mesmo com a doença. “Só a medicação não faz efeito. Tem gente que acha que tem milagre e continua se alimentando mal, ingerindo bebidas alcoólicas e fumando. Quando vai no médico, se espanta”, citou, acrescentando que as mudanças de hábitos têm de ser desde a infância.  
 
Dúvidas
A participação dos pacientes é um dos pontos fortes dos encontros. “Hoje mesmo fomos perguntados sobre qual deve ser consumido: gordura de porco ou óleo vegetal? E respondemos que a gordura mais saudável sempre é a de origem animal, mas que a moderação e a quantidade de consumo é o que conta”, afirmou a coordenadora da UBS Albeny Soares, Ana Paula Moura.

Todas as dúvidas dos pacientes são importantes e mostram que os cuidados com a saúde deles merecem atenção.
 
Mais encontros
A programação das palestras segue nesta quinta-feira, às 8 horas, nas unidades básicas de saúde Avany Galdino da Silva, no Bairro São João, e na Dr. Raimundo Gomes Marinho, no Setor Maracanã. Às 9 horas, será a vez dos pacientes da UBS Dr. Francisco Barbosa de Brito, na Vila Aliança.

No dia 30, sexta-feira, as reuniões acontecerão às 7h30 na UBS Senador Benedito Vicente Ferreira, no Setor José Ferreira, e às 8 horas nas UBS José de Sousa Rezende, no Setor Alto Bonito, e UBS Manoel dos Reis Lima, no Jardim das Flores.

No dia 4 de julho, às 8 horas, o encontro debaterá o diabetes na UBS do Setor Araguaína Sul.

Endereços das UBS
UBS Araguaína Sul – Rua dos Pinheiros c/ Rua Bacuri, s/nº Araguaína Sul;
UBS Avany Galdino da Silva – Av. São Francisco, esq. com a Guaíba, Bairro São João;
UBS Drº Francisco Barbosa de Brito – Rua A esquina c/ Rua L – Vila Aliança
UBS Dr. Raimundo Gomes Marinho – Rua dos Macucos, Loteamento Maracanã;
UBS Senador Benedito Vicente Ferreira – Rua 07, nº 07, Setor José Ferreira;
UBS José de Sousa Rezende – Rua São João Batista, Lt 02 Qd 01 D, Setor Alto Bonito;
UBS Manoel dos Reis Lima – Rua das Hortências, nº 46, Setor Jardim das Flores.

 

 

(Thatiane Cunha/Fotos: Marcos Filho)

Fazer um comentario