Meio Ambiente realiza queimadas controladas em assentamentos para evitar incêndios

Meio Ambiente realiza queimadas controladas em assentamentos para evitar incêndios




Com acompanhamento do Corpo de Bombeiros e brigadistas, o fogo controlado faz parte do trabalho de prevenção contra focos promovido pela Prefeitura de Araguaína nas comunidades rurais 

 

A Prefeitura de Araguaína vem realizando um trabalho preventivo contra focos de incêndio na cidade e região circunvizinha. Na tarde desta terça-feira, 27, foi feita uma queimada controlada às margens da BR-153, uma área de 1,5 km que faz parte do Assentamento Projeto Alegre. O processo foi acompanhado por fiscais ambientais, brigadistas e pelo Corpo de Bombeiros.
 
O diretor de Meio Ambiente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Orialle Anderson Barbosa, explicou porque é feita essa queimada controlada nesses locais. “Essa ação objetiva minimizar uma queimada de magnitude maior, então é feito um aceiro com gradeamento, posteriormente é feito a queimada com brigadistas fazendo o controle para evitar que aconteça uma queimada maior”, esclareceu.
 
De acordo com Barbosa, a escolha desses pontos para fazer este tipo de fogo controlado foi feita após o mapeamento dos locais onde há maior incidência de focos de incêndio. “Nesses locais serão feitos além de educação ambiental, esse trabalho de queima controlada e de gradeamento”, informou.
 
Ao longo deste mês de junho, foram feitas palestras educativas e de prevenção, deixando contato dos brigadistas com a comunidade que mora no Assentamento Projeto Alegre.
 
Pontos críticos
A partir do levantamento realizado pela Prefeitura, foram identificados os seguintes pontos críticos onde há maior incidência de focos de incêndio na cidade e região: Av. Filadélfia, sentido Parque das Águas (atrás do Residencial Jardins Siena); trevo da Av. Filadélfia até o Atacadão; Avenida Castelo Branco (Vila Couto); às margens da BR-153; Loteamento Cidade Nova; setores Serra Dourada, Maracanã e Loteamento Morumbi; Ribeirão da Prata (BR-153); Distrito Novo Horizonte; Projeto Alegre (margens da BR-153).
 
Orientações
O subcomandante do 2º Batalhão de Bombeiros Militar de Araguaína, Major João Neto da Silva, explicou que esse trabalho faz parte das ações do Programa Protocolo de Fogo, o qual o Município aderiu.
 
“O objetivo é realizar ações para evitar a propagação do fogo. Então o aceiro evita que o fogo passe de uma vegetação para outra, criando-se ilhas, servindo de barreiras para a propagação dos focos de incêndio”, comentou o major em relação às áreas na zona rural.
 
Recomentou ainda que os proprietários de terras a fazerem aceiros, que pode ser feito através de gradeamento, ou mesmo da capina. “De preferência que comunique o Naturatins, que é o órgão ambiental que trata dessas autorizações, justamente para evitar que uma queimada se descontrole e venha a atingir uma área maior e danos ambientais de grande proporção”, completou o major.
 
No perímetro urbano, o subcomandante repassou outras orientações para a população. “Nós orientamos as pessoas a fazerem a limpeza dos terrenos e recolher a vegetação, levando para um local adequado”, disse.
 
Telefones para denúncias
Corpo de Bombeiros: 193;
Polícia Ambiental: 3414-4874;
Ibama: 3421-1285;
Naturatins: 3414-4979;
Secretaria do Meio Ambiente: 99976-7337 ou 99994-7878.
 
 
(Joselita Matos/Fotos: Marcos Filho)

Fazer um comentario