Seis toneladas de lixo são retiradas do Lago Azul

Seis toneladas de lixo são retiradas do Lago Azul




 Equipes continuam limpeza nesta terça-feira, 28, quando os trabalhadores também manterão calçadas e pistas da Via Lago limpas; Prefeitura pede conscientização à população

 
A Prefeitura de Araguaína intensifica a limpeza no Lago Azul, onde está sendo construída uma ilha artificial. Somente na última semana, a equipe já retirou do lago seis toneladas de lixo, desde garrafas, copos, sacolas até itens maiores, como capacetes, máquinas de lavar e outros. A ação depende da participação da comunidade com a conscientização para que não jogue lixo em locais irregulares
 
“A população deve colaborar não jogando lixo no lago ou mesmo nas Vias públicas, porque a sujeira acaba ficando acumulada e nesse período chuvoso são levados para a água”, explicou o diretor do Departamento Municipal de Limpeza Urbana, Walteir Fiúza.
 
Trabalham na ação de limpeza seis colaboradores, que percorrem o lago em barcos. O lixo recolhido é colocado em sacos plásticos e encaminhados para o Aterro Municipal de Resíduos Inertes.
 
Amanhã, 28, além da limpeza no lago, os trabalhadores realizarão um trabalho de limpeza e lavagem das calçadas e pistas de toda a Via Lago.
 
Lago Mais Azul
Desde o processo de modernização do Lago Azul, que começou em 2011, com o rebaixamento no nível da água, para viabilizar melhor a Barragem Corujão e, em seguida, a construção da Via Lago, aconteceram várias ações de limpeza.Mutirões também foram realizados por meio do Projeto “Lago Mais Azul”, que conta com vários parceiros, como organizações não-governamentais (ONG), Aciara, AABB e Rotary Club.
 
De acordo com a ONG Naturativa, que acompanha o processo de limpeza, o lago possui uma extensão de 11 km e largura de 800 metros e é formado pelos Rios Lontra e Jacuba.
 
Em Araguaína são aproximadamente 140 nascentes, que se unem em pequenos córregos, afluentes do lago, como Santa Helena, Ribeirão de Areia, Neblina, Cará e Raizal.
 
Cartão postal
O Lago Azul faz parte do novo cartão postal de Araguaína, a Via Lago, entregue à polução no último dia 14 de novembro, aniversário da cidade.
 
Às margens do lago, a via tem 1,84 km de extensão com pistas duplas, ciclovias, áreas verdes e calçamento para pedestres. A obra começa na foz do Córrego Neblina (no cruzamento com a Avenida Filadélfia) seguindo pelos setores Mansões do Lago, Jardim do Lago, Lago Azul, Parque do Lago e Cidade Nova.
 
A Via Lago agora ganhará uma ilha artificial, que já começa a se tornar visível e chama a atenção de visitantes. A ilha está sendo construída com areia extraída com dragas de áreas de assoreamento de córregos que compõem a bacia do Rio Lontra, cujo represamento deu origem ao Lago Azul.
 
 
(Gláucia Mendes/Fotos: Marcos Filho)

Fazer um comentario