Assistidos da Defensoria serão beneficiados com cestas básicas de projeto universitário de Araguaína

Assistidos da Defensoria serão beneficiados com cestas básicas de projeto universitário de Araguaína




A FACDO doou cerca de 50 cestas básicas

 

A segunda edição de um projeto universitário da Faculdade Católica Dom Orione de Araguaína FACDO arrecadou cerca de 50 cestas básicas que beneficiarão assistidos da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) na cidade. Nesta quinta-feira, 7, os donativos foram entregues pelo professor Rogério Siqueira e pelo acadêmico Gabriel Marques Paladim à defensora pública Téssia Gomes Carneiro, coordenadora do Núcleo Especializado de Mediação e Conciliação (Numecon) na DPE de Araguaína.

O projeto é idealizado pelo professor na disciplina “Processo Civil”. Os alunos de duas turmas do 5º período de Direito participaram da ação. Para Gabriel Marques Paladim, que é acadêmico de Direito, o exercício da profissão requer não apenas o atendimento formal: “Precisamos ter empatia pelas pessoas. Com o projeto, estamos contribuindo para o bem do próximo e beneficiando pessoas que estão realmente precisando”.

A DPE foi selecionada nas duas edições do projeto. Segundo o professor idealizador do projeto, o perfil do Assistido é o principal critério para a destinação das cestas e a ação colabora na formação humana dos acadêmicos. “Além de colaborar com o fim de ano das populações mais carentes, engrandece o espírito de solidariedade dos alunos”, avaliou Siqueira.

A Defensora Pública agradeceu a destinação das cestas à DPE. “Além das situações de necessidades básicas urgentes que aportam diariamente na Defensoria, temos os estudos sociais realizados por profissionais da equipe Multidisciplinar”, disse Téssia, explicando que nas visitares domiciliares realizadas no andamento de processos judiciais é possível verificar a necessidade de muitos assistidos em relação a mantimentos.

 

(Keliane Vale)

Fazer um comentario