Residência Médica será implantada em Araguaína

Residência Médica será implantada em Araguaína




Prefeitura e Hospital de Doenças Tropicais são parceiros. Saúde dará apoio e acesso às unidades da Rede Municipal. Serão ofertadas vagas nas áreas de pediatria, oftalmologia, infectologia e clínica médica

 

Médicos serão beneficiados com o Programa de Residência nas áreas de pediatria, oftalmologia, infectologia e clínica médica em Araguaína. A Prefeitura é parceira do projeto, dando apoio e oportunizando o acesso à estrutura da Rede Municipal de Saúde junto ao Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT) e à Secretaria Estadual da Saúde.

As atividades do programa serão desenvolvidas nas unidades básicas de saúde (UBS), Hospital Municipal, Hospital Regional de Araguaína e Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins.

De acordo com o secretário municipal da Saúde, Jean Luís Coutinho, as residências serão um avanço na saúde da região. “Todas as áreas são muito importantes, mas a residência em Pediatria é primordial para a estratégia de saúde, não só de Araguaína, mas para todo o Estado”, destacou.

O secretário ainda informou que está trabalhando para implantar outras vagas de residência, junto ao Centro Universitário Itpac.

Oportunidades
A Prefeitura ofertará todo o suporte nas UBS, Hospital Municipal e Unidade de Pronto Atendimento (UPA/24 horas) com o compromisso de dar oportunidades para profissionais que são formados em faculdades do Município. Além disso, a prática de cada um dos profissionais será avaliada e também será observado o compromisso com a residência médica.

O Município ainda fornecerá os materiais, além da estrutura física e recursos humanos necessários ao bom andamento do programa.

Cursos
Araguaína é polo universitário da região e possui o curso de Medicina em duas faculdades, no Centro Universitário Itpac e na Universidade Federal do Tocantins (UFT).

 

(Gláucia Mendes/Foto: Marcos Filho)

Fazer um comentario