Profissionais da Saúde passam por capacitação para testes rápidos de DSTs

Profissionais da Saúde passam por capacitação para testes rápidos de DSTs




Objetivo da capacitação foi o aperfeiçoamento do trabalho que é ofertado gratuitamente à comunidade nas Unidades Básicas de Saúde de Araguaína

 

Enfermeiros e farmacêuticos que atuam no programa de infecções sexualmente transmissíveis (IST) e AIDS participaram de uma capacitação, na tarde de ontem, 11, aperfeiçoando os conhecimentos sobre as práticas realizadas no dia a dia, em atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). O treinamento aconteceu no auditório do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest).

Os profissionais, que compõem o quadro de servidores da Saúde da Prefeitura de Araguaína, tiveram contato com os instrumentos para a realização do teste rápido de HIV, Sífilis e Hepatites B e C. No Município, os testes ofertados gratuitamente à população e podem ser realizados nas UBS, de segunda a sexta-feira, nos períodos matutino e vespertino.

De acordo com a coordenadora do programa de infecções sexualmente transmissíveis (IST) e AIDS, Mariane Freitas, um dos objetivos da capacitação foi aperfeiçoar o trabalho realizado. “Temos que garantir à população atendimento de qualidade, por isso é importante estarmos atualizando as orientações práticas para a realização do teste rápido”, disse.

O enfermeiro Igor Carmo trabalha há seis anos no Município e achou válida a capacitação. “Eu atuava apenas como aconselhador e agora vou fazer os testes. Vou ter mais autonomia para fazer o acompanhamento por completo com o paciente, não vou precisar de outro enfermeiro me ajudando”, destacou.

Testes rápidos
O teste de HIV/AIDS é para pessoas que tiveram relação sexual sem camisinha ou para quem teve alguma doença sexualmente transmissível e foi orientado por um profissional a fazer o exame.

Os testes de Sífilis ou Hepatites Virais são para pessoas que compartilharam seringas ou agulhas e também para as gestantes, que já realizam no pré-natal com o intuito de eliminar a sífilis congênita e reduzir a mortalidade infantil.

Se houver alguma outra suspeita ou apenas para tranquilidade, qualquer pessoa que tenha interesse pode procurar a unidade mais próxima da sua casa e obter informações necessárias sobre os testes rápidos.

 

(Gláucia Mendes/Foto: Marcos Filho Sandes)

Fazer um comentario