Em reunião da CVT Vicentinho Júnior compara os preços das tarifas aéreas para o Tocantins com as de viagens ao exterior, e cobra agilidade nas obras da BR-235

Em reunião da CVT Vicentinho Júnior compara os preços das tarifas aéreas para o Tocantins com as de viagens ao exterior, e cobra agilidade nas obras da BR-235




O deputado federal, Vicentinho Júnior (PR-TO), ratificou nesta quarta-feira, 20, durante a Reunião Deliberativa Ordinária da Comissão de Viação e Transportes (CVT), o Requerimento da deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO), que solicita uma Audiência Pública com as empresas responsáveis pelo transporte aéreo, para explicar o preço das tarifas para as regiões Norte e Nordeste.

Conforme Jaqueline Cassol, em 2018, com a justificativa de reduzir o preço da passagem, foi criada uma tarifa específica para aqueles que querem despachar a bagagem. “Precisamos ouvir as empresas e órgãos para compreender o porquê de um valor tão elevado. Não podemos aceitar promessas, eles garantiram que diminuiriam e, enquanto legisladores precisamos cobrar”, frisou a deputada.

Membro da Comissão, deputado Vicentinho Júnior destacou que o mesmo acontece no Tocantins, em que usuários que fazem o trajeto mínimo de Palmas/Brasília pagam valores exorbitantes. “Hoje o trecho de Palmas/Brasília sai o mesmo preço de quem vai para a Europa, Estados Unidos. Isso porque a Associação Brasileira de Companhias Aéreas(ABEAR) solicitou e conseguiu junto ao Governo do Estado incentivos fiscais no ICMS cobre o valor do AVgás e querosene para as aeronaves, mas até agora não houve economicidade aos usuários deste transporte”, pontuou o parlamentar.

Durante a primeira reunião no qual foi instalada a CVT e realizada a eleição da mesa diretora, Vicentinho Júnior parabenizou o presidente Eli Corrêa Filho (DEM) e pediu para que continuem com debates produtivos. “Que o senhor traga discussões que venham abrilhantar em nosso País, em cada canto dos seus rincões, no meu caso, o Tocantins. No primeiro mandato participei da CVT e montamos subcomissões como, por exemplo, a da BR-235 e BR-242, foi quando conheci o Ministro Tarcísio que colaborou muito para que fizéssemos audiências públicas que trouxeram resultados efetivos, dentre eles a inauguração de vários trechos da BR-242, obra esta paralisada há mais de dez anos”, enfatizou.  51 parlamentares participaram da reunião.

(Thaís Souza)

Fazer um comentario