Novo equipamento ajuda a prevenir queda de cabelo durante o tratamento de quimioterapia

Novo equipamento ajuda a prevenir queda de cabelo durante o tratamento de quimioterapia




A chamada Crioterapia é feita por meio de uma touca térmica que ajuda a preservar os fios

Um dos efeitos colaterais mais simbólicos de quem está em tratamento contra câncer pela quimioterapia é a queda de cabelo. Mesmo sabendo desta consequência, muitos pacientes sofrem muito com a condição.

Mas já existe no mercado um método capaz de prevenir a perda dos fios. A chamada Crioterapia, disponível em Araguaína na clínica Acreditar Tocantins, é um tratamento feito por um equipamento que resfria o couro cabeludo durante a quimioterapia.

Eficiência

O tratamento consiste no resfriamento da cabeça de 30 a 90 minutos durante a infusão da medicação. A Crioterapia já se mostrou eficiente para vários tipos de medicamentos, como Epirrubicina, Doxorrubicina, Taxol e Taxotere.

“A touca ajuda no processo antes, durante e após o processo da quimioterapia, pois reduz imediatamente a temperatura do couro cabeludo em alguns graus e isso minimiza a perda dos fios”, explica Dr. Evandro Júnior, sócio-diretor da Acreditar Tocantins.

Quimioterapia

A Quimioterapia é um método de tratamento que utiliza medicamentos específicos para destruir as células cancerosas, visando reduzir ou cessar a atividade do tumor em qualquer parte do organismo. O tratamento pode ser feito com um único medicamento ou pela combinação de vários deles.

A eficiência da Crioterapia vai depender de uma série de fatores, como idade do paciente, o tipo de cabelo, o estado de saúde dele e do estágio em que o câncer está desenvolvido.

“Acima de tudo, estamos priorizando o bem-estar dos nossos pacientes. O câncer e o tratamento, por si só, já são desgastantes, por isso investimos em recursos que possam minimizar esse sofrimento”, conclui Dr. Evandro.

Fazer um comentario