1º Workshop de Automação Fiscal abordará obrigatoriedade da NFC-e a partir de julho de 2019 no Tocantins

1º Workshop de Automação Fiscal abordará obrigatoriedade da NFC-e a partir de julho de 2019 no Tocantins




Todas as empresas do Simples Nacional com faturamento de até R$ 1 milhão por ano deverão se adequar às regras. Evento trará informações objetivas sobre as reais mudanças e recursos necessários para empresário aderir à legislação

No Tocantins, a Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor, a NFC-e já, é obrigatória para alguns segmentos desde janeiro deste ano. E, em julho, as demais empresas do Simples Nacional, com faturamento anual até R$ 1 milhão, deverão emitir o documento.

Essa é a principal abordagem do 1º WorkShop de Automação Fiscal, promovido pela Rensoftware e Centro Universitário Unitpac, com a parceria da Associação Comercial e Industrial de Araguaína – ACIARA, e que acontecerá no dia, dia 29 de maio (quarta-feira), às 19 horas, no auditório no Unitpac, em Araguaína.

Segundo o CEO Founder e diretor da Rensoftware, Rênye Costa, o empresário precisa cumprir à risca as adequações obrigatórias e usar os recursos tecnológicos para minimizar impactos das mudanças fiscais.

“Entendemos que este é momento final para levar informações fundamentais para os segmentos que ainda não foram impactados, mas que serão, e apresentar uma perspectiva positiva sobre a nova obrigatoriedade, trazendo a automação como o saída para modernizar os processos dessa regulamentação”, afirmou.

A programação contará com as palestras do coordenador do centro de ensino da Rensoftware, especialista em varejo e consultor de negócios, Jefferson Alencar, e os contadores Adriano Nepomuceno e Elionai Rodrigues.  

Os conteúdos vão contemplar a evolução da nota fiscal, visão e perspectiva futura, recursos e benefícios que a NFC-e oferece ao contribuinte.

Fazer um comentario