Profissionais do HDT-UFT realizam 72 testes rápidos de HIV e Sífilis na DPE de Araguaína

Profissionais do HDT-UFT realizam 72 testes rápidos de HIV e Sífilis na DPE de Araguaína




Ação teve o intuito de beneficiar o público atendido na Defensoria Pública Estadual

Equipe composta por multiprofissionais do Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT), instituição filiada à Rede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) realizaram 72 testes rápidos de HIV e sífilis com aconselhamentos, além de distribuírem preservativos e material informativo sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) na manhã desta segunda-feira (09).

Pela segunda vez no ano, a DPE solicitou o serviço e teve como motivação a campanha mundial “Dezembro Vermelho” que busca sensibilizar as pessoas para a importância da prevenção ao HIV/Aids. “É importante frisar que na defensoria passam por dia mais de 100 pessoas e as vezes elas não tem condição de irem a um posto de saúde realizar esses exames, então com apoio do HDT estamos tentando viabilizar o cuidado a saúde deste público utilizando o espaço público”, comentou o defensor público e responsável pelo Núcleo das Minorias e Ações Coletivas (Nuamac), Pablo Mendonça.

A chefe da Unidade de Doenças Infectoparasitárias (UDIP), enfermeira Gilmara Cruz e Silva Lacerda reforçou a importância dessa parceria entre as duas instituições. “Acredito que como hospital universitário, esse é o nosso papel de levar informações para trabalhar a prevenção das doenças com a população e criar estratégias para facilitar o acesso aos nossos serviços”.

A realização da atividade é da Divisão de Gestão do Cuidado, por meio da UDIP e da Unidade Multiprofissional; e contou com apoio do Setor de Gestão da Qualidade e Segurança do Paciente.

Sobre a Rede Ebserh

O HDT-UFT faz parte da Rede Ebserh desde fevereiro de 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede de Hospitais Universitários Federais atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

 

(Daianni Parreira)

Fazer um comentario